Disciplina de Estratégia e Planeamento

 

Objectivos

Fornecer aos alunos uma perspectiva consistente dos principais conceitos de estratégia. Fornecer-lhes instrumentos para:

1) Análise dos contextos externo e interno da empresa focal;

2) Caracterização da natureza (conteúdo) das estratégias prosseguidas;

3) Identificação dos mecanismos de formação das estratégias na empresa e nas suas contrapartes principais.

Treinar os alunos em actividades de caracterização das estratégias efectivamente em curso nas empresas, na utilização analítica das ferramentas teóricas e no desenvolvimento de capacidades de pesquisa, análise e discussão/decisão que lhes serão úteis para participarem activamente na elaboração de planos de negócio e no controlo que são componentes essenciais dos processos de gestão empresarial e de concretização de estratégias. 

Em Portugal, com respeito à estratégia empresarial, predominam ainda, tanto na banca, como nos organismos reguladores e distribuidores de incentivos e ainda nas revistas de divulgação de gestão dirigidas ao grande público, as perspectivas e correntes de pensamento “clássica”, do design/planeamento estratégico e do posicionamento, importante como base para a conformação do pensamento estratégico, tendo como referência ambientes relativamente simples e estruturados, em que predominam actores “anónimos” (ou caracterizados em abstracto) e comportamentos estereotipados, pressupostamente racionais. As perspectivas “resource based” são praticamente ignoradas ou afloram timidamente em referências vagas a recursos críticos e a factores críticos de sucesso.  

 

Programa Mínimo

1. Introdução à disciplina

1.1. Noções e conceito de estratégia

1.2. Tarefas da gestão estratégica

1.3. Processo, conteúdo e contexto no desenvolvimento das estratégias

1.4. Conceito de gestão estratégica

1.5. Posição, opções e acção na gestão estratégica

1.6. Os desafios actuais da gestão estratégica

2. Análise e caracterização do ambiente externo

3. Análise da competência estratégica

3.1. Introdução

3.2. Bases das competências estratégicas – recursos e competências; recursos únicos e competências nucleares

3.3. Análise da eficiência

3.4. Competências e vantagens competitivas sustentáveis (Resource-based View) – características dos recursos que sustentam as vantagens competitivas sustentáveis

3.5. Conhecimento organizacional

3.6. Relacionamentos e recursos externos: as vantagens e desvantagens dos relacionamentos; carteiras de relacionamentos

3.7. O diagnóstico da competência estratégica – cadeia de valor e sistema de valor, benchmarking, forças e fraquezas

3.8. A gestão das competências estratégicas – extensão e adição de competências; desenvolvimento de competências dinâmicas

4. Expectativas e propósitos

4.1. Introdução

4.2. O sistema de governo da empresa

4.3. Análise das expectativas e poder dos stakeholders

4.4. O contexto cultural

4.5. Comunicação e propósitos organizacionais: valores, missão e objectivos

5. Identificação e avaliação das estratégias (a nível) de empresa

5.1. Introdução

5.2. Avaliação da diversidade dos produtos e mercados – diversificação relacionada e não relacionada, diversificação e desempenho

5.3. Avaliação das estratégias de internacionalização: selecção dos mercados e modo de entrada, redes internacionais, diversificação de mercados e desempenho

5.4. Gestão da carteira de negócios: matriz BCG, matriz ‘atractividade dos mercados’, matriz parental

6. Identificação e avaliação das estratégias (a nível de ramo) de negócio

6.1. Introdução

6.2. Identificação das bases das vantagens competitivas – as alternativas do ‘relógio estratégico’

6.3. Sustentabilidade das vantagens competitivas

6.4. Competição e colaboração

6.5. Teoria dos jogos.

 

Docente

Nome – Fernando Manuel Pereira Oliveira Carvalho

Emailfc@fe.uc.pt

Web